Dia-a-dia CCE 06

24/10/2016 14:15

Bom dia a todos!

O final do ano se aproxima e parece que nossas tarefas, cada vez mais, se avolumam. Assim, segue mais um informativo do CCE.

1.      A direção, no dia 14 de outubro, teve uma reunião na PRODEGESP com a Profª Carla Búrigo e diversas questões referentes aos STAs do CCE foram encaminhadas. Saímos de lá com a certeza de que, nas próximas semanas, alguns de nossos problemas administrativos serão resolvidos;

2.      Dia 06 de outubro houve a segunda vistoria do Corpo de Bombeiros ao Bloco D. Os serviços anotados na primeira vistoria foram executados, tendo sido feitas duas anotações novas. Essas foram executadas e, no dia 10, foi protocolada, na Prefeitura, nova solicitação de vistoria. No dia 13 de outubro, a SALVER entregou definitivamente as chaves do Bloco D para a direção! Mais uma conquista do CCE! Com os documentos na mão, a mudança começará a ser feita.

3.      A ocupação do Bloco D irá liberar espaço para a organização de uma sala no Bloco B para videoconferências, destinada às pós-graduações. Outra ação para solucionar a falta de verba das pós-graduações para a realização de bancas de defesa foi a demonstração do sistema “mconf”- http://setic.ufsc.br/files/2014/07/Apresenta%C3%A7%C3%A3o-mConf-CCE-01-de-Julho-de-2016.pdf. Estamos encaminhando também ações de atualização da sala Machado de Assis. Uma delas foi a aquisição (por carona) de um novo computador para aquele espaço, além da instalação de uma TV.

4.      A direção recebeu, ainda no final de setembro, os servidores Clóvis e Zélia, do DAC, os quais nos informaram que aquele Departamento está articulando um novo espaço para apresentações artístico culturais, entre elas o Projeto 12:30, e a recolocação da Concha Acústica em um local mais apropriado. Essas ações visam também a recuperação do jardim frontal ao Bloco A do CCE, cujo projeto é do paisagista Roberto Burle Marx.

5.      Amanhã tem início o II Simpósio Brasil-Canadá: Identidades, literaturas e culturas em trânsito, que acontecerá nos dias 25/10/2016 – sala HASSIS – CCE térreo e 26/10/2016 – sala HASSIS – CCE térreo.  Compareçam!

6.      Aqui, infelizmente uma notícia triste. No dia 15.10 faleceu a profa. Doloris Simões de Almeida, cuja vida transcorreu dentro da UFSC, no DLLE: foi professora, chefe de departamento, muito atuante na literatura (expressionismo alemão).  Aqui fica registrado nosso agradecimento e respeito pelo trabalho de nossa colega.

7.      Como muitos devem ter notado, as paredes externas do CCE foram repintadas. O serviço de pintura foi executado nos blocos A, B e D eliminando as pichações.

8.      Nossa coordenadora financeira, Greicy Bainha, nos encaminhou o seguinte balanço de suas atividades: 1. Foram realizados pedidos de diárias para 16 docentes; 2. Foram compradas 9 passagens; 3. Foram abertas 5 solicitações (contrato, fiscalização e empenho); 4. Foi encaminhado um processo de sonorização; 5. Foram realizadas 6 transferências de recursos. Além dessas atividades, a coordenadoria financeira ainda encaminhou diversas prestações de contas, realizou compras de material de consumo e permanente, deu apoio à secretaria da PGET na solicitação de 2 diárias, na compra de duas passagens e na prestação de contas das mesmas, além de ter realizado diversos orçamentos para compras futuras de diversos setores do CCE. Das compras já realizadas pelo setor, chegaram: as placas de acrílico para o bloco novo, 2 projetores foram consertados e chegaram os contentores de lixo, tripé e monopé, além de 5 fones de ouvido especiais.

9.      Encerramos este boletim com uma moção de repúdio, encaminhada a nós pelo Departamento de Artes e que acreditamos deva ser replicada pela importância de seu conteúdo:

O Colegiado do Departamento de Artes manifesta o seu repúdio às manifestações de ódio e intolerância registradas na Universidade recentemente, em espaço dedicado às atividades étnico-raciais. Por mais que a sociedade evolua intelectualmente ao longo dos séculos, a ideia de que um ser humano possa ser superior a outro permanece constante na mente de muitas pessoas. A educação é libertadora, compreender a complexidade da vida racional e sua evolução ao longo dos séculos, a sua preciosidade em relação aos demais seres vivos que conhecemos, faz de cada ser humano único e insubstituível. Em um mundo obscurecido pela mediocridade, que nós, universitários, possamos ser a luz. Florianópolis, 06 de outubro de 2016. Departamento de Artes. Centro de Comunicação e Expressão. Universidade Federal de Santa Catarina. http://art.ufsc.br

10.  O Grupo de Redes realizou a manutenção preventiva, corretiva, formatação e reinstalação de sistemas/programas em 13 máquinas, sendo 10 (DLLE), 1 (Jornalismo), 2 (LabInfo). A equipe também realizou atendimentos aos usuários, através de solicitações via chamados emergenciais.